Não só a ocasião faz o ladrão…

 

nao-so-a-ocasiao-faz-o-ladrao1

mas também a resistência à gestão e disciplina para controle dos negócios. O alto porcentual é da pesquisa da KPMG junto a 600 executivos. Diz a pesquisa: principal fraudador é o funcionário. Cabe lembrar, que principal facilitador é o próprio empresário brasileiro na resistência à gestão, ao planejamento. Corre para “fazer negócios”, “expandir”, e não se dedica a gestão para sustentação e controle. Você tem método para gestão? Quantas vezes confere os balanços? Quantas vezes é rigoroso com controles entrada-saída? Cobra para valer dos gestores? Na correria e falta de gestão nasce o ladrão…

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *