A Consultoria de Impacto é um método prático-brasileiro, não fica limitado a levantar dados, fazer projeções, pelo contrário, ao mesmo tempo em que detecta o que é vital, já estuda, avalia e propõe soluções. Idealiza meios para se adotar o que a Consultoria de Impacto chama de “Gestão da Correria”, ou seja, colocar a velocidade a favor da empresa.
A Consultoria é realizada lado a lado com a diretoria e o envolvimento das equipes é feito de forma bem ajustada com o Programa Gestão . Liderança . Postura.
Abaixo, depoimentos.

“José Renato é autor do método Consultoria de Impacto. Aplica-o em empresas que buscam a reestruturação de gestão. Está bem identificado com o cenário de ajustes das empresas.”

Henrique LuzSócio da PricewaterhouseCoopers e membro do Inst. Bras. de Gov. Corporativa

“Não dá para falar de método de gestão sem incluir José Renato. Ele idealizou um método direcionado para tratar da pessoa mais importante num negócio: o cliente.”

Marilene Lopes Ex-Diretora de Marketing da Coca Cola do Brasil, é professora da PUC

“Os seus livros chamam atenção por causa do curioso estilo – José Renato escreve sem gerúndio. Depois, pelas autênticas e incisivas abordagens sobre gestão, processos e RH. Ótimo!”

Heitor ChagasDiretor de RH da Petrobras, conselheiro da FGV duas vezes premiado pela ABRH nacional

“É fundamental ter um consultor que saiba lidar com gestão, comportamento, e crie meios para sustentação do sucesso.
José Renato é um mestre do cotidiano empresarial.”

Wilson PinhoConsultor com programas de gestão premiados pela ONU e governo do Japão

“José Renato mostra empresa familiar como um bom negócio – e é. Ele mostra como conduzir a família na gestão e obter resultados.”

Carlos Di GiorgioVice-Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro

Gestão & Marketing é leitura indispensável àqueles que precisam lidar com as surpresas dos novos tempos. Elas trazem desafios para o gerenciamento das nossas empresas. José Renato ensina o caminho para superá-los.”

Marcio FortesPresidente da ADEMI e do Conselho Deliberativo do IBEF